Páginas

terça-feira, 17 de junho de 2008

O amor não tira férias

Quem me conhece sabe o quanto eu sou exagerada com essa coisa de filmes. Não é mania de cinema, apesar de gostar muito de ir, mas mania de repetição. Sou daquelas que assiste o mesmo filme infinitas vezes de uma forma bastante incansável. Deu pra perceber a intensidade? E o mais engraçado é que as gargalhadas, as lágrimas, os sustos e outras sensações acontecem como se fosse a primeira vez que eu estivesse assistindo. Nunca parei para contar porque temo que isso faça com que esse encanto se perca. Afinal, é uma coisa minha e deixa Aline com cara de Aline. A única coisa que posso garantir é que os dramas e as comédias românticas estão em disparada. Em minha opinião são perfeitos. Gosto e faço com prazer... Já que as emoções são tão boas, qual a razão para não querer tê-las outra vez?



Convenhamos que não é algo anormal. Existem outros vícios e manias que produzem a mesma sensação e as pessoas não se cansam. Existe um classico em minhas coleções que me deixa sem chão. Apesar de ser recente, o filme me transporta para uma realidade muito, muito, muito real. Não transmite aquela história que você sabe que é impossível viver. Pelo contrário, acontecesse com pessoas normais que acreditam em alguma coisa e lutam por isso. "O amor não tira férias" está me fazendo decorar as canções e as falas de cada personagem. Eu andei reparando algo interessantíssimo em alguns de meus romannces. A profissão jornalística persegue as atrizes principais. Quero apenas um motivo para não acreditar que realmente pode acontecer? Precisava comentar sobre ele te motivar a assistí-lo também. Vale muito ceder seu precioso tempo a uma jóia dessas. Mostra que o impossível torna-se possível quando você menos espera... Quando você abre a porta, lá está. Corra, vá em direção, abrace e dance ao vento. Role nas folhas do outono caídas ao chão. Dance na ponta dos pés, permita-se ser uma melodia e nunca se esqueça de dar um basta. Recomeçar faz bem e é preciso. Adorável fime... me apaixonei por você.



By Aline :)

3 comentários:

Nathália Elen disse...

os do mesmo vício hein amiga!!
esse filme é muito bonito mesmo...
seguem algumas dicas: ORGULHO E PRECONCEITO, ELIZABETHTOWN,P.S. EU TE AMO, GRANDE PEIXE,... e mtos outros, q eu tenho q lembrar ainda... mas todos esse, se vc ainda nao viu, veja pq vai amaar!! sabe q eu tenho bom-gosto né?! ;) ASSISTA!!!
AMO-TE

Filipe de Paula Silva disse...

Olha... Acho q vc poetisou de mais o filme... ele é muito bom... mas naum passa de BOM... seu texto ta meio q .... exagerado...

e é ótimo saber q vc é como eu.. adoro rever filmes e sentir as mesmas coisas sempre...


beijusss

e a natalia está extremamente certa... veja PEIXE GRANDE... o resto... xiiiiiiiiiiii... acho q deve ficar pra segundo plano.

Felipe disse...

A comédia romântica Simplesmente Amor é para se visto e revisto. Apaixonante...ao ponto de ser piegas.