Páginas

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Ausência

E é de querer-se tanto
E é de tentar-se tanto
Que portanto
O meu coração não contenta mais.

Porque é de cantar-se tanto
E de falar-se tanto
Que no entanto
Foi que esse tal rapaz

Que por amar-me tanto
E por sonhar-me tanto
Conquanto
Fugiu de mim.

E agora vou-me embora
Vou de vez pra sempre, outrora
Voltarei
arei
rei
i.


A ausência é só uma etapa. Tudo na vida passa.
Paz e bem.

Amora =)

6 comentários:

Priscila disse...

Eu voltaria
Se todo dia
Pudesse ter a beleza da poesia, kkk

É, amiga..Brincar com palavras é o que enche o coração de alegria!

Amaria? Sim, amarei!

Aline disse...

Pricricri...

Docemente apaixonada!

;)

Max Medeiros disse...

Você está se saindo umas das minhas poetisas preferidas.

Obrigado!

Aline disse...

Ah Max...

Você sabe como é...

=)

... disse...

Owmmm...que lindooo!
Já estava com saudades...

claudinha disse...

Ual Amorinha! fazia tempo que nao passava por aqui mas amei essa poesia ousadamente doce!

8}...